39ª Semana

Categorias: Gestantes, Gravidez Semana a Semana
Data: 11/07/2016   8215 Views  

O Bebê

A maior parte do vérnix (ou lanugo) já desapareceu e o bebê se prepara para nascer em poucos dias. O crânio ainda não é totalmente sólido, apresentando-se mais amolecido nas 5 fontanelas (também conhecidas por moleiras), que ainda estão separadas e podem ser apertadas umas contra as outras. Assim o parto pode alongar e moldar a cabeça fetal, uma precaução de segurança para reduzir o diâmetro do crânio, permitindo uma expulsão mais fácil da cabeça, durante a passagem do feto pelo canal de parto, sem provocar danos ao cérebro. Após o parto, a cabeça do bebê retorna a sua forma arredondada.

Os olhos ainda não possuem os ductos lacrimais, que aparecem poucas semanas após o nascimento. O tórax é mais proeminente. Os pulmões estão maduros e a produção de surfactante está aumentada para manter os alvéolos abertos. O abdome fetal é grande e arredondado, especialmente, devido ao fígado que ainda produz glóbulos vermelhos. A pele torna-se mais espessada e mais pálida (branca ou rosa azulada) e a cada dia o feto ganha cerca de 15 gramas de gordura.

Agora ele não pode se mover muito devido à falta de espaço. Ao nascimento, o cordão umbilical pode medir cerca de 50 a 70 cm de comprimento. O que restou do vérnix, em geral, desaparece, embora possa permanecer até o nascimento.

A futura mamãe

Você está se sentindo pesada e desajeitada? À medida que o bebê desce para a pelve (descida ou o encaixar), seu centro de gravidade se desvia, o que pode fazer você perder o equilíbrio. A boa nova é que o útero já não pressiona tanto o diafragma e fica mais fácil para respirar. A notícia ruim é que seu útero está pressionando sua bexiga e você precisa correr ao banheiro a todo instante. O útero está cerca de 20 cm acima do umbigo.

Enquanto seu bebê não vem, desfrute ao máximo seus últimos dias de gravidez, acariciando sua barriga e conversando com ele. Lembre-se que ela está chegando ao fim e pode ser sua última oportunidade de sentí-lo dentro de você. Se você optou por uma cesárea eletiva, esta é a época ideal.

Na hora do parto, a presença do seu marido lhe deixará muito mais tranquila. Portanto, comece a encorajá-lo, pois assistir você dar à luz, sem dúvida será uma das experiências mais surpreendentes da vida dele. O acompanhamento do seu marido durante o trabalho de parto, faz com que ele se sinta mais útil, ao contrário do que se estivesse alí fora, andando de um lado para o outro, que nem uma barata tonta, esperando pela chegada do bebê. Além disso, ele terá a vantagem de ser uma das primeiras pessoas a segurar o pequenino.

Aproveite para fazer as unhas, depilação e cortar o cabelo. Afinal, o grande dia está chegando e você não vai deixar para a última hora, vai? Se você estiver sentido uma vontade incontrolável de deixar tudo arrumado poderá estar passando pela síndrome do ninho arrumado.

O futuro papai

Parabéns! Você já é quase pai e sobreviveu a todos os inconvenientes da gravidez. Você deve estar apreensivo com o que está por vir, mas é assim mesmo. Em poucos dias você não vai nem se lembrar o que comeu no café da manhã, ou mesmo se tomou café da manhã. Deixe essa ansiedade pra lá. Aproveite esses últimos momentos com a mamãe, como um casal ou família de 3 (ou 4, o que seja) e fique na retaguarda para ser um grande pai. Verifique como irá fazer a sua licença paternidade

<< Semana Anterior | Próxima Semana >>
Categorias: Gestantes, Gravidez Semana a Semana
Data: 11/07/2016   8215 Views