Calculadora de Índice de Massa Corporal (IMC) e Peso Ideal

O índice de massa corporal (IMC) é uma medida que usa sua altura e peso para saber se seu peso é saudável. O IMC leva em consideração as variações naturais na forma do corpo, dando uma faixa de peso saudável para uma determinada altura. Entretanto, para dizer se você é saudável os profissionais de saúde não utilizam exclusivamente o seu IMC. Em caso de dúvida consulte o seu médico.


CM
KG

Como se calcula o IMC?

O índice de massa corporal (IMC) ou índice de massa corpórea é calculado dividindo o peso (em quilogramas) pela altura ao quadrado (em metros).

Fórmula para Cálculo do IMC

Fórmula para Cálculo do IMC

Como o cálculo requer apenas altura e peso, o índice de massa corporal é uma ferramenta fácil e barata! Por exemplo, um adulto que pesa 70 kg e cuja altura é 1,75 m terá um IMC de 22,9.

O que significa o Índice de Massa Corporal?

Ele é uma maneira padronizada internacionalmente para determinar se um indivíduo esta com seu peso adequado ou se ele é obeso. Este método é utilizado pela OMS (Organização Mundial de Saúde) em estudos epidemiológicos. Entretanto apresenta pouca fidedignidade, pois o mesmo não difere a massa magra da massa gorda. Isso pode ser observado em um atleta com grande quantidade de massa magra o que resulta em um IMC acima do desejável, por conta da massa magra e não do excesso de gordura.

Para determinar se o seu índice é um risco à saúde, um profissional de saúde realiza avaliações adicionais. Essas avaliações incluem medidas de espessura de dobras cutâneas, avaliações de dieta, atividade física e história familiar.

Como ele é classificado?

Para adultos de 20 anos ou mais, o IMC é interpretado usando categorias de status de peso padrão. Essas categorias são iguais para homens e mulheres de todos os tipos de corpo e idades. A recomendação da OMS para classificação do estado nutricional é a seguinte:

Classificação do IMC segundo OMS

Qual é o resultado ideal?

Para a maioria dos adultos, um IMC ideal está na faixa de 18,6 a 24,9. Portanto o peso ideal é uma variável bastante ampla. Para crianças e jovens de 2 a 18 anos, o cálculo do IMC leva em consideração idade e sexo além da altura e peso. Em gestantes os valores de referência mudam conforme a idade gestacional da paciente. A alimentação durante a gestação e amamentação deve ser balanceada para garantir a gestante suas necessidades nutricionais.

Tabela de Classificação do Índice de Massa Corpórea segundo a Organização Mundial de Saúde

IMCClassificação
< 16Magreza Grau III
16,0 a 16,9Magreza Grau II
17,0 a 18,4Magreza Grau I
18,5 a 24,9Adequado
25,0 a 29,9Pré-Obeso
30,0 a 34,9Obesidade Grau I
35,0 a 39,9Obesidade Grau II
>= 40Obesidade Grau III

O que quer dizer sobrepeso?

O termo Sobrepeso é geralmente usado para indicar o excesso de peso enquanto Obeso se refere a excesso de gordura. Estar com sobrepeso quer dizer ter mais peso do que é considerado normal ou saudável para a idade ou tamanho. Por outro lado, Obesidade é a condição de ser obeso, por exemplo, quantidade de gordura em excesso no corpo. Apesar de uma pessoa com sobrepeso carregar excesso de peso, ela pode ter ou não acúmulo excessivo de gordura.

Como saber se uma pessoa está obesa?

Apesar do IMC acima de 30 ser considerado obesidade, é sempre importante consultar o seu médico pois em alguns casos este índice pode não ser uma medida confiável para avaliar sua saúde nutricional. Por exemplo, o músculo é muito mais denso que a gordura, então pessoas muito musculosas como atletas, podem ter um peso saudável embora o seu índice seja classificado como obeso. Por outro lado, alguns grupos étnicos como asiáticos podem ter maior risco de problemas de saúde mesmo com o IMC abaixo de 25. Por isso a avaliação médica sempre é imprescindível.

A obesidade é uma doença crônica que resulta da ingestão de mais calorias do que as calorias queimadas por exercícios físicos e atividades diárias normais. O sintoma principal é o excesso de gordura corporal, o que aumenta o risco de problemas de saúde graves.

Valores altos estão correlacionados ainda com a Síndrome Metabólica. O termo síndrome metabólica descreve um conjunto de fatores de risco metabólico que se manifestam num indivíduo e aumentam as chances de desenvolver doenças cardíacas, hipertensão, derrames e alterações no metabolismo do açúcar.

Por isso temos no resultado a calculadora de peso ideal, que utiliza a sua altura para determinar qual a faixa de peso ideal para você! Manter um peso adequado é importante para a sua saúde!

Quais os riscos da obesidade?

OBESIDADE GRAU 1: O risco de desenvolver diabetes, para quem está nesta faixa de peso, é de 20%, e o de hipertensão ultrapassa 25%. Há risco maior de outras doenças cardiovasculares, articulares, distúrbios psiquiátricos, apneia do sono e até certos tipos de câncer. É importante rever seus hábitos alimentares, iniciar atividade física regular. Apesar de estar acima do peso você tem uma boa chance de ter uma vida saudável ao fazer pequenas modificações no seu estilo de vida.

OBESIDADE GRAU 2: O risco calculado de desenvolver diabetes chega a 40%, e a chance de surgirem doenças associadas à obesidade, como reumatismos, câncer, apneia do sono, hipertensão e outros problemas cardiovasculares pode chegar a 50%.

OBESIDADE GRAU 3: Se este é o resultado, o risco de desenvolver doenças associadas ao excesso de peso, como a síndrome metabólica, reumatismos, câncer, apneia do sono, hipertensão e outros problemas cardiovasculares chega a até 90%. Nesse estágio, a cirurgia de redução do estômago pode ser indicada. Procure orientação médica imediatamente.

Como melhorar o meu índice?

Inicialmente é importante conversar com o seu médico para que ele possa avaliar se realmente você precisa aumentar ou diminuir o seu peso. Caso você esteja com o peso muito baixo é importante um plano alimentar adequado para que ele aumente de maneira saudável.

Por outro lado, caso você precise perder peso um plano alimentar com restrição calórica é importante. Além disso praticar exercícios físicos com regularidade acelera o seu metabolismo e favorece a perda de peso, melhorando a sua saúde! Lembre-se que a Organização Mundial de Saúde recomenda que você mantenha seu IMC entre 18,5 e 24,9. Nunca exagere pois estar abaixo do peso ideal para sua altura também deve ser evitado, a magreza excessiva também é uma doença. Estar em boa forma, praticar exercícios físicos com regularidade e manter uma alimentação saudável são os segredos para manter um índice de massa corpórea adequado. 

Exercícios para melhorar o IMC

Afinal, de onde vem o Índice de Massa Corporal?

O IMC é muito fácil de medir e calcular e, portanto, é a ferramenta mais comumente usada para correlacionar o risco de problemas de saúde com o peso em nível populacional. Foi desenvolvido por Adolphe Quetelet durante o século XIX. Durante a década de 1970 e com base especialmente nos dados e relatórios do estudo de sete países, os pesquisadores notaram que o IMC parecia representar bem o risco de problemas relacionados à adiposidade e excesso de peso.

Como qualquer outra medida, não é perfeita porque depende apenas da altura e do peso e não leva em consideração diferentes níveis de adiposidade com base na idade, nível de atividade física e sexo. Por isso, espera-se que superestime a adiposidade em alguns casos e a subestime em outros.

Outras maneiras de avaliar a gordura corporal

O Índice de Adiposidade Corporal (IAC) é calculado dividindo o valor da medida do quadril pela altura da pessoa. Depois, se multiplica o valor pela raiz quadrada da mesma altura. Do resultado, é só subtrair 18. Assim como o IMC, você vai olhar o que esse valor significa em uma tabela padrão para esse método.

Outra possibilidade, também utilizando apenas fita métrica, é medir a cintura. Essa medida é então dividida pela medida do quadril. Daí, é só ver a tabela desse método pra obter o resultado. Esse método é chamado de Índice Cintura Quadril (ICQ).

Assine nosso informativo e receba as novidades primeiro!

Solicite um Pré-agendamento de Exame Pré-agendamento WhatsApp