Líquido Amniótico aumentado (polidrâmnio): o que fazer?

Categorias: Dúvidas, Gestantes, Termos
Data: 08/06/2020   279 Views  

O líquido amniótico desempenha uma série de funções importantes para o feto. Além de proteger o bebê contra traumatismos ele permite o desenvolvimento muscular o feto. Participando inclusive no amadurecimento de alguns órgãos e sistemas! Em algumas vezes pode haver um desequilíbrio entre a sua produção e absorção, levando a um aumento (excesso) de líquido amniótico. Isto é chamado tecnicamente de polidrâmnio.

O que causa excesso de líquido amniótico?

Existem diversas causas para o aumento de líquido amniótico ou polidrâmnio. Algumas delas são:

Em muitos casos não é possível identificar a causa do aumento de líquido. Se esse aumento não for muito significativo e nenhuma causa for encontrada é provável que não exista nada de errado com o seu bebê.

Como o médico sabe que o líquido está aumentado?

Seu obstetra pode desconfiar do aumento de líquido medindo a altura uterina. Quando o útero é maior do que o esperado isso pode ser uma manifestação do excesso de líquido. Outras vezes isso de deve ao tamanho do bebê ou algum mioma. Por isso sempre que o médico desconfiar que a altura uterina é muito grande ele pedirá um exame de ultrassom.

No ultrassom é possível avaliar a quantidade de líquido. Para isso usamos o Índice de Líquido Amniótico. Este índice é uma maneira semi-quantitativa de estimarmos a quantidade de líquido na cavidade uterina.

Existe tratamento para o polidrâmnio?

Na maioria dos casos o aumento de líquido não é muito significativo e nestes casos não há tratamento específico. Outras vezes o tratamento será direcionado conforme a causa do polidrâmnio, por exemplo nos casos de transfusão feto-feto.

Em algumas situações o aumento é extremamente grande. Isto pode  provocar dificuldade respiratória na mãe indicando-se então fazer um procedimento chamado amniodrenagem. A amniodrenagem é um procedimento semelhante a amniocentese. Uma agulha é introduzida na cavidade amniótica e o líquido amniótico é retirado.

amniocentese amniodrenagem em casos de polidrâmnio

Este tratamento no entanto é paliativo e não tem efeito muito duradouro. Em cerca de 24 ou 48 horas todo o líquido amniótico é normalmente trocado dentro da cavidade uterina. Ou seja, se você tirar 1 ou 2 litros de líquido hoje o efeito de “melhora” irá durar apenas um a dois dias.

Algumas medicações também podem ser usadas para reduzir o volume de líquido como a indometacina. A indometacina é um anti-inflamatório que possui como um dos efeitos “colaterais” reduzir a diurese do feto. Esse efeito pode diminuir o volume de líquido amniótico. Entretanto esta droga tem outros efeitos colaterais. Pode produzir o fechamento do ducto arterioso e por isso é usada com muita restrição durante a gravidez.

Categorias: Dúvidas, Gestantes, Termos
Data: 08/06/2020   279 Views