DIU – Dispositivo Intrauterino

Categorias: Dúvidas, Gestantes
Data: 21/07/2019   358 Views  

DIU (Dispositivo Intrauterino) é um artefato de plástico ou outro material em forma de T. Quando inserido dentro da cavidade uterina atua como contraceptivo, evitando a gravidez. A eficácia do DIU é superior a pílula anticoncepcional (em especial pelo fato de não haver “esquecimento” no uso). Sua eficácia é estimada em torno de 99% e ele é pequeno, cabendo na palma da mão.

Tamanho DIU

O DIU é um dispositivo seguro, sendo que complicações são raras, geralmente acontecendo nos primeiros dias após a colocação. Ele pode ser usando inclusive por pacientes que nunca estiveram grávidas anteriormente. É importante salientar que o uso do DIU não evita as doenças sexualmente transmissíveis.

Como o DIU é Colocado?

DIU - Dispositivo Intrauterino

Para colocação do DIU a usualmente a paciente deverá estar menstruada, o que facilita a colocação e garante que a paciente não está grávida. Após a colocação de um espéculo vaginal (o mesmo aparelho usado para colher o preventivo), o DIU é então inserido dentro da cavidade uterina. O procedimento leva cerca de 15 minutos e a paciente habitualmente tem um pouco de cólica no primeiro dia e eventualmente um sangramento um pouco maior.

O DIU não causa infecções e as queixas relacionadas a ele (como cólica e sangramento) costumam passar com o tempo. Ele pode ser retirado a qualquer momento e o retorno da fertilidade é imediato.

Para verificar se o DIU ficou bem posicionada é importante realizar uma Ultrassonografia Transvaginal.

DIU Hormonal

O DIU que libera hormônio, também conhecido por Sistema intrauterino (SIU – também conhecido como DIU medicado ou DIU Hormonal) difere do DIU normal pois libera um hormônio dentro do útero. Além do efeito contraceptivo, o hormônio pode apresentar outros efeitos, como reduzir o fluxo menstrual.

Eles causam aborto?

Não. Os dois métodos impedem que o espermatozoide encontre o óvulo, portanto eles nem deixam a gravidez ocorrer.

Existe chance de falha?

Sim. Atualmente não existe nenhum método anticoncepcional que seja 100% eficaz. No entanto, a chance de falha dos dois métodos é extremamente baixa, sendo parecida com a dos métodos cirúrgicos, como a laqueadura ou vasectomia, o que os deixa entre os métodos mais eficazes que existem.

Uma vez que não dependem da correta administração pela usuária, o DIU e o SIU possuem eficácia superior quando comparados aos métodos de curto prazo, como as pílulas, injeções, anel e adesivo contraceptivo.

E se eu engravidar com o DIU?

Apesar de as chances disso acontecer serem mínimas, ao engravidar com o DIU poderá eventualmente acontecer o aborto espontâneo ou a gestação poderá seguir a diante sem grandes problemas. Em geral os casos de gestação com DIU acontecem por um posicionamento inadequado do DIU. Outro fato importante é que como o DIU evita a gestação intra-uterina, existe a possibilidade de ocorrerem gestações fora do útero (chamadas de ectópicas). Durante a gestação o DIU não irá encostar no bebê pois ele ficará fora do saco gestacional. Não se preocupe, seu bebê não vai aparecer segurando do DIU na mão como na foto abaixo.

Bebe com DIU na mão

 

Referências

  1. Mulher engravida usando DIU e posta foto inusitada do bebê
  2. Manual de Planejamento Familiar – OMS
Categorias: Dúvidas, Gestantes
Data: 21/07/2019   358 Views