Saiba como evitar varizes durante a gestação

Categorias: Dúvidas, Gestantes
Data: 01/08/2022   81 Views  

A gravidez é um período em que o corpo da futura mãe passa por várias mudanças, entre elas está o aparecimento das indesejadas varizes nas pernas. Espera-se que cerca de 70% das gestantes apresentem varizes.

Durante a gestação, é preciso que uma maior quantidade de sangue circule pelo organismo. Além disso, o útero gravídico comprime os vasos que trazem o sangue dos membros inferiores para o coração. Com isso, as veias se dilatam para suportar a demanda extra exigida. Assim, ocorre um aumento patológico do diâmetro dos vasos venosos.

A maior produção de hormônios como o estrogênio e a progesterona e o aumento do índice de massa corporal também contribuem na formação de varizes na gravidez.

As varizes causam dor e, muitas vezes, podem até comprometer o movimento de marcha, ademais, prejudicam a beleza das pernas e a vaidade feminina.

Está grávida e quer saber como evitar as varizes? Então, chegou ao lugar certo. Este artigo traz detalhes sobre métodos para prevenir as varizes na gestação. Anote as dicas e tenha uma gestação muito mais saudável.

O que são varizes na gestação

As varizes são veias dilatadas que surgem nas pernas e podem causar dores, incômodos, inchaços e complicações mais sérias como uma trombose, hemorragia e úlcera. Nos últimos três meses da gestação existe uma tendência natural ao aparecimento de varizes nos membros inferiores. Podem ser desde pequenos vasinhos dilatados até grandes veias varicosas.

A presença de varizes na gravidez é bastante comum em função de todas as alterações na circulação sanguínea. Durante a gestação espera-se um aumento do volume circulatório, o crescimento do útero também irá provocar a compressão da veia cava.

Compressão da Veia Causa Varizes na Gravidez

O útero comprime a veia cava, dificultando o retorno venoso para o coração. Esse é um fato importante do aparecimento de varizes na gravidez.

Além das varizes que aparecem nos membros inferiores, em algumas mulheres podem ocorrer dilatação de veias na vulva (parte externa da genitálias). Também não é incomum o aparecimento de hemorróida no terceiro trimestre da gestação. A hemorróida também pode ser considerada um tipo de variz pois são veias inchadas, inflamadas e doloridas localizadas na parte inferior do reto ou do ânus.

Prática de atividades físicas

Isso mesmo. As gestantes podem colocar o corpo em movimento numa atividade física, o que gera melhora na circulação do sangue e alívio de dores e inchaço. Portanto, ficar o tempo todo parada não é interessante na gravidez.

Os exercícios mais recomendados na prevenção às varizes são aqueles em que são feitos movimentos constantes sem, no entanto, realizar muita força com as pernas. A caminhada é uma excelente atividade física para gestantes.

Outras alternativas são corridas, bicicleta, natação, hidroginástica e danças. A musculação não está banida da rotina das grávidas, contudo, devem ser feitos exercícios com pouca carga e um número bem mais elevado de repetições.

Meias de compressão

Essas meias fazem uma pressão nas pernas e facilitam a circulação do sangue pelo organismo. Há diversos modelos atualmente, por isso, é importante que a escolha tenha orientação médica para que os resultados sejam os desejados.

Você sabe como as meias de compressão funcionam? Quando elas pressionam as pernas, o sangue é bombeado dos pés de volta ao coração, assim, atuam como uma bomba artificial que faz o sangue ir e vir pelo corpo.

Meias de Compressão Combatem as Varizes na Gravidez

As meias de compressão elástica são um aliado importante no combate às varizes na gravidez.

Esse produto é indicado para vários quadros, porém, é especialmente favorável para gestantes, que por conta das modificações corporais do período, estão muito mais propensas a inchaço, dores e aparecimento de varizes nas pernas.

O momento de iniciar o uso de meias de compressão varia de mulher para mulher. Em geral elas são recomendadas quando os sintomas de inchaço das pernas e aparecimento de varizes começa na gestação. Isso habitualmente ocorre no segundo trimestre.

Levantar as pernas durante o repouso

Essa é uma estratégia simples e eficiente na prevenção a dilatação negativa das veias. Com a colocação das pernas para cima, o corpo é obrigado a enviar o sangue de volta para o coração e, assim, a circulação do sangue é facilitada.

A ação retira a alta concentração de sangue das veias dos membros inferiores, com isso, diminui o fluxo de sangue nas veias dessa região e impede a expansão excessiva dos vasos venosos, o que evita a formação das varizes.

Basta erguer um pouco os pés, cerca de 30 centímetros, para reduzir a concentração de líquido nas pernas. Caso esse desconforto ocorra quando não puder realizar esse procedimento, ficar em pé e caminhar já ajuda no inchaço.

Perigo das Varizes na Gestação

Em geral as varizes que aparecem durante a gestação não costumam causar grandes complicações. Sim, elas podem provocar um incômodo pelo aspecto mas habitualmente não irão trazer um problema para a gestante ou para o bebê.

Eventualmente elas podem provocar alguns problemas de menor complexidade como flebite (infecção), varicorragia (sangramento) ou úlceras (feridas). Em casos extremos poderão causar a formação de trombos (coágulos).

A formação de trombos é uma situação mais complexa que poderá comprometer a saúde da mamãe e do bebê. Especialmente se estes trombos se deslocarem e formarem o que é chamado de êmbolo. O êmbolo é um trombo que se desloca da veia, e geralmente ele se aloja nos vasos dos pulmões, condição chamada de embolia pulmonar.

Quem tem varizes pode ter parto normal?

Sim. Não há contra-indicação de parto normal para quem tem varizes. Seu médico poderá orientar o uso de meias de compressão para evitar que elas piorem. As meias compressivas pode ser utilizadas inclusive durante o trabalho de parto e logo após o parto.

É possível tratar as varizes durante a gestação?

O tratamento das varizes geralmente consiste em cirurgias para remoção da veia varicosa ou aplicação de espuma nos vasos afetados. Durante a gestação e a lactação estes tratamentos estão contra-indicados.

Entretanto logo após o fim do período de amamentação, se a mamãe desejar poderá consultar um cirurgião vascular para tratar as varizes.

Categorias: Dúvidas, Gestantes
Data: 01/08/2022   81 Views