Saiba como evitar o intestino preso durante a gravidez

Categorias: Dicas, Gestantes
Data: 07/07/2022   103 Views  

A gestação é um momento incrível na vida da mulher. São novas sensações e descobertas, com transformações no corpo e na mente. Mas, junto com todas as boas novidades, chegam também algumas questões desagradáveis. Uma delas é o intestino preso durante a gravidez. Vamos falar mais sobre esse problema e sobre como evitá-lo neste artigo, acompanhe.

Intestino Preso na Gravidez

Problemas com o intestino são muito comuns na gravidez.

O que causa o intestino preso durante a gravidez?

Mesmo fora de períodos gestacionais, as mulheres têm mais probabilidades de desenvolver constipação intestinal do que os homens, por conta de um hormônio chamado progesterona. Entre outras funções, ele atua nos músculos intestinais, causando o relaxamento dessa musculatura e a prisão de ventre.

Durante a gestação, essa condição pode se agravar pelo aumento de volume do útero, que acaba comprimindo alguns órgãos, entre eles, o intestino. Com menos espaço, ele passa a funcionar mal e causar a constipação. Da mesma forma, os suplementos de ferro, comuns nessa fase, também podem piorar o quadro.

Que problemas o intestino preso pode causar? Faz mal para o bebê?

O intestino preso não causa nenhum problema para o bebê, pode ficar tranquila. Mas, em compensação, traz muitos incômodos à mamãe. A própria constipação já é bem dolorosa. Mas, com o esforço maior para defecar, a mamãe pode desenvolver hemorróidas internas ou externas, que causam sangramento e dor.

O que fazer para evitar o intestino preso durante a gravidez?

Primeiramente, o mais recomendado é tratar o problema com mudanças de hábitos alimentares. Incluir alimentos ricos em fibras nas refeições e beber, pelo menos, 2 litros de água por dia, já ajuda muito no combate à constipação. Uma boa dica é o consumo das tâmaras, que podem inclusive ajudar no trabalho de parto.

Se você não é muito fã de água, que tal incrementar o sabor? Pingue algumas gotas de limão ou acrescente folhas de hortelã, rodelas de laranja ou outras frutas para que a bebida fique mais atraente para seu paladar. Lembre-se de aumentar a quantidade de água ingerida se estiver muito calor ou se você pratica exercícios físicos diários, já que, nessas situações, o corpo acaba eliminando água através do suor.

Procure regrar os horários de sua alimentação, comendo sempre de 3 em 3 horas e evitando longos períodos em jejum.

Outra alternativa é fazer o uso de suplementos à base de prebióticos e probióticos, que auxiliam na manutenção da flora intestinal. Mas lembre-se: qualquer medicamento deve ser indicado pelo seu médico, então converse com ele.

Quais alimentos devem ser consumidos para evitar o intestino preso?

Sobretudo inclua em suas refeições alimentos ricos em fibras, como pães, arroz e cereais integrais, verduras e legumes crus ou cozidos. O consumo de aveia, castanha de caju e castanha do Pará também é benéfico.

No caso das frutas, dê preferência àquelas que contêm muita água em sua composição, como melancia, abacaxi, melão e morango, além da ameixa, já conhecida por ajudar o trânsito intestinal.

E quais alimentos evitar?

Evite ao máximo o consumo de alimentos muito condimentados, principalmente os apimentados. Já as massas e molhos, principalmente o branco, tendem a causar mais constipação, assim como queijos e alimentos ricos em açúcar.

Mesmo alimentos naturais podem causar intestino preso, então evite berinjela, repolho, maçã, goiaba e banana.

Gostou desse conteúdo? Assine nossa newsletter para receber em primeira mão nossos artigos e outras informações importantes!

Categorias: Dicas, Gestantes
Data: 07/07/2022   103 Views