Pouco líquido amniótico (oligodrâmnio), o que fazer?

Categorias: Dúvidas, Gestantes, Termos
Data: 03/06/2020   291 Views  

O líquido amniótico faz parte de todo um sistema que dá suporte ao feto em desenvolvimento. Ele protege o bebê e ajuda o desenvolvimento muscular e respiratório. Além disso também ajuda os pulmões e o trato gastrointestinal a amadurecer. O nome técnico para pouco líquido amniótico na bolsa é oligodrâmnio (algumas pessoas preferem oligoâmnio ou mesmo oligohidrâmnio – mas todos estes termos querem dizer a mesma coisa).

Qual a causa do pouco líquido na bolsa?

O oligodrâmnio pode ter várias causas distintas. A causa mais comum é a rotura da bolsa amniótica. Quando a bolsa rompe é como um balão furado, mesmo que mais líquido seja produzido ele escoa pelo buraco na bolsa. Dessa forma a quantidade de líquido dentro da bolsa dica diminuída. Outras causas para a redução no volume de líquido podem ser:

  • Desidratação, que reduz a quantidade de líquidos em todo o corpo da mulher;
  • Alterações na placenta que prejudicam a nutrição do bebê e provocam uma redução na produção de urina;
  • Malformações renais que impedem a produção de urina;
  • Síndrome da transfusão feto-fetal no caso de gravidez de gêmeos não-idênticos em que um dos bebês recebe menos sangue do que outro e se desenvolve menos, produzindo menos urina e, consequentemente, menos líquido amniótico;
  • Alguns medicamentos anti-hipertensivos e anti-inflamatórios também diminuem a produção de líquido amniótico.

Oligodrâmnio - pouco líquido amniótico

Como identificar a perda de líquido amniótico?

Caso tenha ocorrido a rotura da bolsa amniótica, o sintoma mais comum é a perda de líquido pela vagina. A calcinha fica o tempo inteiro umedecida. O líquido amniótico é transparente e tem cheiro bem característico de água sanitária. Então é relativamente fácil de identificar se a bolsa rompeu pelas características do líquido.

Caro o motivo do pouco líquido não seja a rotura das membranas, o diagnóstico pode ser um pouco mais difícil. Seu médico pode suspeitar do pouco líquido pela altura uterina, mas o diagnóstico definitivo será dado apenas pelo ultrassom.

Como o oligodrâmnio é diagnosticado?

O diagnóstico definitivo da redução de líquido amniótico poderá ser feito pelo ultrassom. Apesar de não ser um método perfeito ele é a melhor forma disponível no momento para avaliar a quantidade de líquido amniótico dentro da bolsa. Para avaliação do volume de líquido o seu médico irá medir o Índice de Líquido Amniótico que é uma maneira semi-quantitativa para determinar a quantidade de líquido. Os limites de normalidade deste índice geralmente estão entre 80 e 240 mm.

O que fazer se estou com pouco líquido na bolsa?

Não existe um tratamento específico para o pouco líquido. Seu médico pode recomendar uma boa ingesta de líquidos e repouso, mas não existe uma evidência clara de que isso possa aumentar o volume de líquido amniótico. Certamente os esforços serão feitos no sentido de identificar se existe algum problema causando essa redução de líquido. Se nada for encontrado e você tiver uma redução pequena do líquido amniótico é muito provável que sua gestação transcorre sem maiores complicações.

Referências

  1. Diagnóstico do Oligoâmnio pela Ultra-Sonografia: Uso de Diferentes Medidas do Maior Bolsão Comparadas ao ILA
  2. What Does Low Amniotic Fluid Really Mean
Categorias: Dúvidas, Gestantes, Termos
Data: 03/06/2020   291 Views