Por que acontecem sonhos estranhos na gravidez?

Categorias: Dúvidas, Gestantes
Data: 29/08/2022   19 Views  

Os sonhos estranhos na gravidez são muito comuns e, em muitos casos, são super realistas. Segundo uma pesquisa publicada em 1993 pelo Journal of the American Board of Family Medicine, 67% das mulheres grávidas relataram sonhos relacionados à gravidez. Além disso, 60% relataram ter tais sonhos uma vez por semana. Esse fato é recorrente até mesmo em alguns dias após o parto.

Mas, por que as grávidas têm pesadelos?

Para começar a entender, é preciso ter consciência que esse período gera muita insegurança nas mulheres. Então, é normal ter certos medos que podem aparecer nos sonhos.

Depois, os temidos hormônios! Mais uma vez eles são os protagonistas. Dessa vez, para explicar os sonhos estranhos na gravidez. Eles podem mudar o padrão do sono ao afetar as emoções e causar mais ansiedade.

Um estudo realizado pelo Centro de Pesquisa do Sono, do Hospital Sagrado Coração em Montreal, Canadá, comprovou o fato. Foram analisadas 273 mulheres logo depois do parto, grávidas e que nunca tiveram filhos. Cerca de 90% diziam lembrar de seus sonhos. Observou-se que as mães tinham mais pesadelos que as outras (gestantes ou aquelas que nunca tiveram filhos). Os sonhos ruins eram mais frequentes entre as que tinham acabado de passar pelo parto.

Nas grávidas, 59% sonhavam com a criança em perigo; 24% se mexiam; e 37% falavam dormindo. Nessa fase, os sonhos estranhos na gravidez podem ser com traições, que não há leite para amamentar o bebê e até que esqueceu o pequeno em algum lugar.

Entre as mulheres no pós-parto: 75% relataram sonhos ansiosos; 73% tiveram pesadelos com a criança em perigo; 57% se mexiam durante o sono; e 27% expressavam emoções enquanto sonhavam.

Percentual de Sonhos Estranhos na Gravidez

Prevalência de mulheres nos grupos de não gestante (barras azuis), gestantes (barras verdes) e pós-parto (barras cinza) que recordaram sonhos, pesadelos, sonhos com o bebê e pesadelos com o bebê durante a entrevista. Adaptado de Nielsen, T. et al. Sleep, 2007.

Influência dos hormônios nos sonhos estranhos na gravidez

A progesterona, por exemplo, foi um dos hormônios apontados pelos especialistas como responsável por aumentar a tendência dos sonhos estranhos na gravidez. Somado aos medos naturais do momento, é natural que ocorram.

Outro fator que influencia é a dificuldade para dormir e o cansaço. Principalmente quando a barriga incomoda pelo peso e tamanho e já não há posição confortável para dormir, além da necessidade de levantar várias fazer xixi ou pelas náuseas. O sono leve favorece o aumento dos sonhos estranhos na gravidez.

Gestante no Terceiro Trimestre com Sonhos Estranhos na Gravidez

O final da gravidez é um período de imagens de sonhos disfóricos acentuadamente aumentados que podem ser um dos principais contribuintes para o sono prejudicado neste momento.

Sonhos vívidos de pesadelos

Sabe-se que durante a gravidez o padrão dos sonhos pode sofrer mudanças. Mulheres grávidas costumam relatar que durante a gestação os sonhos costumam ter o seguinte padrão:

  • A freqüência dos sonhos aumenta em relação ao período pré-gestacional;
  • É mais comum ter pesadelos;
  • Os sonhos são mais intensos, muitas vezes provocados pela ansiedade;
  • Os sonhos são mais vívidos;
  • É comum desenvolver a habilidade de lembrar dos sonhos com maior clareza durante a gestação.

A temática sobre problemas na relação conjugal ou com a saúde e bem estar do bebê são recorrentes. Tudo isso graças as transformações físicas e hormonais sofridas durante a gestação. A preocupação e as inseguranças com essa nova fase que a mulher irá enfrentar são também fatores que podem influenciar essa questão dos sonhos estranhos na gravidez. O corpo passa por mudanças intensas durante a gravidez, e seu estado físico está conectado ao mental e ao emocional.

Além disso, o corpo passa por outras mudanças intensas, como a necessidade frequente de urinar durante a noite e o crescimento do bebê, que pode causar desconforto para dormir. Isso impacta a qualidade do sono e pode prejudicar o sono REM (“Rapid Eye Movement”), momento em que ocorrem os sonhos vívidos. Conforme a gravidez avança, a tendência é que os sonhos estranhos ocorram com maior frequência.

Outra preocupação recorrente é se a gestante pode dormir de barriga para cima! Esta é uma dúvida bastante comum na gravidez e já fizemos um post explicando o motivo por que grávida deve evitar dormir de barriga para cima.

Como lidar com tudo isso?

Mamãe, tenha certeza que sonhar não significa que aquilo vai acontecer. A melhor coisa é manter a calma e compartilhar sobre o assunto com pessoas de sua confiança. Esse papo pode render bons conselhos e manter a tranquilidade.

Durma o necessário. Recomenda-se para a gestante entre 7 e 9 horas de sono por dia. A genética e a qualidade do sono podem afetar esses números, mas esta é uma boa diretriz geral para quanto tempo é necessário fechar os olhos.

Outra dica é tentar mudar de posição para dormir, registrar os sonhos em um diário e sempre que houver dúvidas sobre o desenvolvimento do bebê, buscar ajuda de alguém que realmente entende: o médico. Leia também nosso post sobre como dormir bem durante a gravidez!

Referência

  1. Dream-associated Behaviors Affecting Pregnant and Postpartum Women
Categorias: Dúvidas, Gestantes
Data: 29/08/2022   19 Views