O que é o colo do útero e o que é que ele faz?

Categorias: Dúvidas, Gestantes
Data: 16/07/2022   104 Views  

Você sabe o que é o colo do útero e o que ele faz? Se não, não se preocupe – a maioria das pessoas não sabe! O colo do útero é a parte mais baixa do útero, que se estende até à vagina e liga o útero ao topo da parede vaginal.

É uma estrutura pequena em forma de donut que pode ser sentida na parte superior da vagina se inserir os dedos médio e índice. O colo do útero tem duas aberturas: uma abertura externa (o pequeno orifício no centro do colo do útero) e uma abertura interna (que não é visível no exame do espéculo).

O canal interno do colo do útero é revestido por glândulas que produzem secreções que variam em consistência e qualidade ao longo do ciclo e durante a gravidez. Estas glândulas produzem o muco cervical.

Qual a diferença entre o útero e colo do útero?

Enquanto que o útero é o orgão inteiro, o colo do útero é apenas uma pequena parte do colo. Conforme ilustrado na figura abaixo o colo é a parte que liga o corpo do útero com o terço superior da vagina.

Anatomia Útero e Colo do Útero

Desenho anatômico indicando o colo uterino.

No centro do colo do útero existe um canal que faz a ligação entre vagina e cavidade uterina. Esse canal é chamado de canal cervical.

Importância do Colo do Útero

O colo do útero é uma estrutura importante pois desempenha um papel fundamental na reprodução feminina. Ele separa a porção interna do aparelho reprodutor da sua porção externa.

Durante o ciclo menstrual é o colo que produz o muco cervical, responsável por ajudar os espermatozóides a chegarem na cavidade uterina, além de ajudar na nutrição deles. Também protege o útero de bactérias e outros agentes agressores que podem estar presentes na vagina.

Durante a gestação o colo do útero mantêm-se fechado, suportando o peso do bebê e do líquido amniótico. Isso é importante para que o bebê possa se desenvolver e crescer dentro do útero. Quando a gestação termina as contrações uterinas fazem com que o colo do útero dilate permitindo então a passagem e o nascimento do bebê.

Além disso o colo uterino pode ser utilizado para identificar o grupo de gestantes que tem alto risco para o trabalho de parto prematuro. A medida do colo uterino deve ser feita junto com o ultrassom morfológico de segundo trimestre e as mulheres com colo curto devem receber progesterona para reduzir o risco de prematuridade.

O colo do útero também é uma região importante para a a vida sexual da mulher. Algumas mulheres experimentam o orgasmo com a estimulação do colo uterino durante a relação.

Como deve ser o colo do útero?

O colo do útero tem forma cilíndrica, com comprimento variável entre 2,5 e 3 cm. A sua consistência em uma mulher não gestante é cartilaginosa, semelhante a nossa cartilagem do nariz. Durante a gestação o colo torna-se mais amolecido, ficando com uma consistência mais próxima do nosso lábio. A coloração do colo uterino também muda na gestação, tornando-se mais arroxeado.

Problemas mais comuns do colo do útero

Câncer do Colo do Útero

Os problemas mais comuns identificados no colo do útero são, em primeiro lugar, o câncer de colo do útero. Esta é uma doença muito grave, mas é também um dos cânceres mais evitáveis e curáveis. No Brasil, o câncer do colo do útero é o quarto câncer mais comum nas mulheres.

O outro problema principal que pode afectar o colo do útero é a infecção pelo HPV (papilomavírus humano). Este vírus é transmitido através do contato sexual e, em alguns casos, pode levar ao desenvolvimento do cancro do colo do útero. Contudo, a infecção por HPV é muito comum e não significa necessariamente que irá desenvolver câncer do colo do útero.

Como toda mulher deve saber, para que o diagnóstico do câncer seja feito de maneira precoce é necessário que regularmente a mulher faça o seu exame de Papanicolau (exame preventivo de colo de útero).

Incompetência Istmo-cervical

Outro problema que pode afetar o colo do útero é a incompetência istmo-cervical (IIC). Esta é uma condição em que o colo do útero tem uma consistência mais elástica e não consegue suportar o peso do bebê durante a gestação, abrindo-se prematuramente.

Trata-se de um problema grave, onde a prematuridade é extrema o que faz com que o risco de óbito ou sequelas para o recém-nascido seja muito alto.

Muitas vezes é difícil fazer o diagnóstico da incompetência istmo-cervical de maneira precoce e, por vezes, o diagnóstico só é feito quando já ocorreu a perda da gestação.

Cervicite: A Infecção do Colo Uterino

Outro problema que pode afetar o colo do útero é a cervicite, que é uma inflamação. Esta pode ser causada por infecção (bacteriana ou viral), por trauma (por exemplo, durante a relação sexual) ou pelo uso de certos medicamentos.

A cervicite é uma doença muito comum e muitas vezes não tem sintomas. Quando tem sintomas, são geralmente corrimento vaginal e/ou hemorragia após as relações sexuais.

A cervicite não tratada pode levar a problemas mais graves, tais como doença inflamatória pélvica ou infertilidade.

Categorias: Dúvidas, Gestantes
Data: 16/07/2022   104 Views