Métodos Naturais para Escolher o Sexo do Bebê

Categorias: Dicas, Gestantes
Data: 11/07/2022   55 Views  

Não é de hoje que as pessoas tentam escolher o sexo do bebê na fase da concepção. Podemos encontrar alguns truques desde a Grécia Antiga, por outro lado, alguns métodos naturais foram, ao longo do tempo, mostrando que não são eficazes, outros possuem até base científica.

O fato é que nada impede de tentar outro método para que a fase seja ainda mais gostosa, de criar uma questão lúdica sobre o sexo do bebê. Como não há evidências sólidas para o uso destes métodos, recomendamos que não levem eles a sério. Tenham em mente que a chance é sempre em torno de 50%. Entretanto não há mal nenhum em experimentá-los…

Entendendo como o sexo do bebê é determinado

Todos nós temos 2 cromossomos sexuais, um herdado da mãe e outro herdado do pai. Os cromossomos sexuais podem ser do tipo X ou Y. As mulheres tem dois cromossomos X enquanto os homens tem um cromossomo X e outro cromossomo Y.

Portanto sempre iremos herdar um cromossomo X da nossa mãe, e quem irá definir o nosso sexo genético será o nosso pai. Quando recebermos um cromossomo X do pai, teremos dois cromossomos X e portanto nosso gênero genético será feminino.

Por outro lado quando recebemos um cromossomo Y do nosso pai teremos os cromossomos sexuais X (da mãe) e Y (do pai), formando um indivíduo do sexo masculino.

Genética da Determinação do Sexo

Como o sexo genético é determinado com base nos cromossomos X e Y que recebemos de nossos pais.

Em conclusão, quem determina o nosso sexo é o nosso pai ao enviar um cromossomo X ou Y no espermatozóide. Lembre se que apenas um espermatozóide pode entrar no óvulo. Portanto o primeiro sortudo que fecundar o óvulo irá determinar o sexo do indivíduo. Tenha isso em mente para entender os métodos abaixo.

Método 1 – O momento da Relação Sexual

O espermatozóide que carrega um cromossomo X é um pouco mais pesado, porém vive mais tempo que o espermatozoide que carrega o cromossomo Y. Então, se você tiver relações alguns dias antes da ovulação e depois não tiver mais relações sexuais isso deve aumentar a chance de ter uma menina.

Por outro lado os espermatozóides que carregam um cromossomo Y são mais leves e mais rápidos. Portanto se você tiver relação sexual bem próximo ao dia da ovulação isso irá aumentar as suas chances de ter um menino.

O Dr. Landrum Shettles desenvolveu essa teoria nos EUA na década de 1960 e por isso esse método recebe o nome de método Shettles. Ele também pode ser complementado pelo Método Billings, que trata de programar a relação sexual em função da consistência do muco cervical.

Quando o muco cervical é mais fino e claro, isso significa que está próximo da ovulação e portanto a chance de conceber um menino é maior. Já quando o mudo é mais espesso e pegajoso a chance de conceber uma menina seria maior. Estes métodos requerem um conhecimento do ciclo menstrual para tentar programar a relação sexual.

Lembre-se também que o espermatozoide pode sobreviver por até 5 dias. Ou seja, se você tiver relações 5 dias antes da ovulação ainda assim pode engravidar. Para ajudar você a saber quando está ovulando, colocamos em nosso site uma calculadora do período fértil que indica o seu dia de ovulação e todos os seus dias férteis.

Método 2 – A posição durante a relação sexual

Este método está baseado em dois fatos. O primeiro é que a vagina é mais ácida na sua porção mais externa enquanto se torna mais alcalina quando chega próxima ao colo do útero. Isso faz com que a porção mais externa da vagina seja mais hostil aos espermatozoides enquanto a sua porção mais interna é mais receptiva.

Posição Sexual ajuda a Determinar o Sexo do Bebê

A posição sexual pode ajudar a determinar o sexo do bebê.

Por outro lado, o espermatozóide que carrega o cromossomo Y, aquele que gera um menino, é mais vulnerável e sensível ao pH da vagina. Portanto, ele tem mais chance de sobreviver quando é colocado no fundo da vaginal.

Então, quem quer uma menina pode aproveitar a posição clássica, papai e mamãe, na hora do sexo. Isso porque a penetração acaba sendo mais superficial, depositando os espermatozoides na porção mais ácida da vagina e portanto deixando o ambiente inóspito para o cromossomo Y.

Por outro lado, quem tem preferência por um menino deve seguir o contrário da dica anterior. Agora é preciso pensar em uma posição em que os espermatozoides sejam depositados mais profundamente, que é a posição de quatro apoios.

Dessa forma os espermatozóides são depositados mais profundamente na vagina, em um pH mais alcalino o que melhora as chances do cromossomo Y. Lembre que ele também chega mais rápido ao óvulo pois tem menor peso.

Método 3 – A alimentação

Pensando em regular o nível de acidez do corpo, também precisamos falar sobre a alimentação. É fato que um alimento ou outro não vai determinar uma gravidez, muito menos o sexo. Porém, é interessante perceber o efeito que cada um tem no organismo.

Por exemplo, dietas ricas em potássio, encontrado em carnes vermelhas, pode ajudar a ter um menino. Ao passo que comer bastante cálcio e magnésio, presentes em leite e cereais, ajuda a ter uma menina.

Não há dados científicos em humanos para apoiar as teorias de potássio ou magnésio, embora os especialistas digam que a dieta parece desempenhar algum papel na seleção de gênero.

Método 4 – Orgasmo também poderia influenciar

Vimos que o canal da vagina pode ser bem ácido e isso prejudica a sobrevivência de espermatozoides masculinos. Dessa forma, se a ejaculação do homem for antes da mulher ter um orgasmo, permanecem essas as chances maiores para menina, visto o ambiente ácido.

Aos que querem aumentar as chances de um menino, é interessante aguardar o orgasmo feminino, visto que o ambiente fica mais alcalino. Em outras palavras, menos ácido.

Entretanto as chances de sucesso são pequenas e não há nenhuma evidência científica da taxa de sucesso deste método. As preliminares prolongadas têm o mesmo efeito de aumentar as secreções vaginais, o que pode ser tão eficaz na redução de sua acidez – mas ninguém sugeriu as preliminares femininas como um método para conceber meninos.

Método 5 – Abstinência sexual do homem

Praticar abstinência sexual por alguns dias faz com que a quantidade de espermatozóides aumente, e consequentemente o número de espermatozoides com o cromossomo Y. Dessa forma seria possível escolher o sexo do bebê aumentando as chances de meninos quando o homem fica alguns dias em abstinência sexual antes de ter relação com o objetivo de conceber.

Especialistas informam que não existem estudos comprovando a eficácia desta técnica e portanto também não passa de uma hipótese.

Método 6 – Duchas vaginais

Em primeiro lugar informamos que técnicas que utilizam duchas vaginais não são recomendadas por médicos. Isso ocorre pois a utilização deste método pode levar a uma alteração significativa do pH da vagina o que poderá ocasionar a morte dos espermatozoides ou ainda provocar doenças como infecção vaginais.

Entetanto, como sabemos o pH da vagina pode, pelo menos em tese, aumentar a chance dos casais de escolha do sexo do bebê. Portanto técnicas de banho de assento com uma solução de bicarbonato de sódio, ou mesmo colocar um pouco desta solução na vagina deixaria o pH mais alcalino.

Essa alcalinização da vagina permitiria ao casal ter uma maior chance de gestaçÃo de uma criança do sexo masculino. Há uma quantidade muito pequena de evidências médicas que respaldam essa teoria. E não custa dizer novamente, é arriscado usar esse método pois pode comprometer a sua saúde.

E se eu fizer fertilização in vitro, posso escolher o sexo do bebê?

Não, quando você utiliza métodos de reprodução assistida o médico especialista em reprodução humana está impedido de escolher o sexo do embrião que irá implantar. A prática é proibida no nosso país pelo Conselho Federal de Medicina – CFM, sendo aceita apenas em casos específicos como para evitar a transmissão de doenças genéticas determinadas pelo sexo.

Agora você conhece métodos naturais para escolher o sexo do bebê e tornar o momento ainda mais divertido. Sabemos que no fim das contas são outras as prioridades, mas nada que te impeça de tentar influenciar esse aspecto.

Quando eu consigo confirmar o sexo do bebê?

Hoje você já pode fazer o teste de sangue para saber o sexo do bebê a partir de 8 semanas. Além disso já é possível determinar o sexo do bebê no ultrassom com cerca de 13 ou 14 semanas de gestação.

Gostou deste post? Aproveite também para se divertir com a nossa ferramenta para descobrir o sexo do bebê com a tabela chinesa!

Categorias: Dicas, Gestantes
Data: 11/07/2022   55 Views