Desejos de grávida: por que a vontade de comer coisas surge?

Categorias: Dúvidas, Gestantes, Sintomas de Gravidez
Data: 20/07/2020   116 Views  

Algumas combinações excêntricas como picles e sorvete pode não ser uma refeição gourmet, mas se você estiver grávida essa combinação pode parecer bastante interessante! O que está por trás destes estranhos desejos por algumas comidas específicas? Será que isso pode fazer algum mal?

Cerca de 50 a 90% das gestantes terão desejo por alguma comida específica. Outras mulheres irão perder a vontade de comer algo que sempre gostaram. Ninguém sabe exatamente o motivo pelo qual estes desejos estranhos acontecem. Alguns acreditam que sejam o corpo materno “avisando” sobre algum nutriente que está faltando. O que se sabe é que no primeiro trimestre da gestação diversas mudanças hormonais provocam alteração no olfato e no paladar das mulheres.

desejos de grávida - cachorro quente de banana

Desejos de grávida: cachorro quente de banana com salada!

Quando surgem os desejos na gravidez?

Geralmente estes desejos costumam surgir já no primeiro trimestre da gravidez. Por isso que toda vez que uma mulher comenta que está com vontade de comer algo específico alguém já brinca que ela deve estar grávida. No primeiro trimestre é bastante comum o desejo por comidas ácidas, como picles e sucos de frutas cítricas. Interessantemente estas comidas ajudam a combater os enjoos! As mudanças hormonais também diminuem o pH da boca e podem provocar salivação excessiva.

No segundo trimestre as coisas começam a se intensificar e aparece uma vontade impulsiva, incontrolável de comer um alimento com sabor ou textura específicos. Eventualmente existe o desejo de combinar alimentos que habitualmente não são consumidos juntos. No terceiro trimestre este desejo costuma diminuir novamente. 

O que acontece se a grávida “passa vontade”?

Apesar da teoria de que a vontade de comer algo específico seja uma maneira do corpo “comunicar” que está faltando algum nutriente específico isso não passa de uma teoria. Caso algum desejo da grávida não possa ser atendido não se preocupe, isso certamente não irá trazer nenhum problema para a gestação. E não se preocupe, o bebê não irá nascer com cara de pepino se você não conseguiu comer pepino na hora que deu vontade. É importante ressaltar que nenhum alimento interfere nas feições ou características da pele do bebê.

Entretanto, se surgirem alguns desejos estranhos como vontade de comer tijolo, gelo ou barro isso pode ser um problema chamado picamalácia (ou síndrome de pica). 

É interessante observar que algumas vezes o desejo pode fazer parte de uma carência emocional da gestante. Acatar essa vontade pode ser importante emocionalmente para que a gestante se sinta amparada.

Como lidar com os desejos de grávida?

Apesar de ninguém saber ao certo o motivo pelo qual estes desejos acontece, é um consenso que não há problema nenhum em atender estes desejos. Claro, desde que não haja nenhum excesso – você não pode comer só picles com sorvete!

A maioria dos desejos é por alimentos que possuem valor nutricional e por isso não há problema em ingeri-los, mesmo que pareçam uma combinação muito estranha. O ideal é equilibrar uma dieta saudável com os seus desejos específicos.

Evite ficar muito tempo sem se alimentar ou pular refeições pois isso pode reforçar o desejo por coisas estranhas. O ideal é comer alguma coisa a cada 3 ou 4 horas, fazendo cerca de 5 ou 6 refeições durante o dia. Lembre-se que a ingestão de algumas substâncias não alimentares pode causar problemas e por isso é importante relatar este tipo de situação o mais breve possível para o seu obstetra.

 

 

Categorias: Dúvidas, Gestantes, Sintomas de Gravidez
Data: 20/07/2020   116 Views