Consenso sobre as definições revisadas das características da Avaliação Ultrassonográfica Morfológica do Útero (MUSA) na adenomiose: resultados do procedimento Delphi modificado

Categorias: Artigos, Médicos
Data: 17/07/2022   35 Views  
M. J. Harmsen, T. Van den Bosch, R. A. de Leeuw, M. Dueholm, C. Exacoustos, L. Valentin, W. J. K. Hehenkamp, F. Groenman, C. De Bruyn, C. Rasmussen, L. Lazzeri, L. Jokubkiene, D. Jurkovic, J. Naftalin, T. Tellum, T. Bourne, D. Timmerman, J. A. F. Huirne

> Ultrasound Obstet Gynecol. 2022 Jul;60(1):118-131.

Objetivos

Avaliar se as características da Avaliação Ultrassonográfica Morfológica do Útero (MUSA) na adenomiose precisam ser melhor definidas e, se necessário, chegar a um consenso sobre as definições atualizadas.

Métodos

Um procedimento Delphi modificado foi realizado entre ginecologistas europeus com experiência em diagnóstico ultrassonográfico de adenomiose. Para identificar as características da MUSA que podem precisar de revisão, 15 gravações de vídeo bidimensionais (2D) (quatro gravações também incluíam imagens estáticas tridimensionais (3D)) de exames de ultrassom transvaginal (TVS) do útero foram apresentadas na primeira rodada de Delphi (questionário online). Os especialistas foram solicitados a confirmar ou refutar a presença de cada uma das nove características da adenomiose do MUSA (descritas na declaração de consenso original do MUSA) em cada um dos 15 videoclipes e fornecer comentários. Na segunda rodada Delphi (questionário online), os resultados da primeira rodada e sugestões para revisão dos recursos do MUSA foram compartilhados com os especialistas antes de serem solicitados a avaliar um novo conjunto de imagens estáticas 2D e 3D de exames de TVS e fornecer feedback sobre as revisões propostas. Uma terceira rodada Delphi (reunião de grupo virtual) foi realizada para discutir e chegar a um consenso final sobre as definições revisadas dos recursos do MUSA. O consenso foi pré-definido como pelo menos 66,7% de concordância entre os especialistas.

Características de Adenomiose Consenso Musa

Representação esquemática das características diretas e indiretas da Avaliação Ultrassnográfica Morfológica do Útero (MUSA) na adenomiose uterina (não endometriose), de acordo com o procedimento Delphi modificado. Adaptado de Van den Bosch et al.

Resultados

Dos 18 especialistas convidados, 16 concordaram em participar do procedimento Delphi. Onze especialistas completaram e quatro especialistas terminaram parcialmente a primeira rodada. Os especialistas identificaram a necessidade de definições mais detalhadas de alguns recursos do MUSA. Eles recomendaram o uso de ultrassom 3D para otimizar a visualização da zona juncional. Quinze especialistas participaram da segunda rodada e chegaram a um consenso sobre a presença ou ausência de características ultrassonográficas de adenomiose na maioria das imagens estáticas. O consenso foi alcançado para todas as definições revisadas, exceto aquelas para linhas e brotos subendométricos e zona juncional interrompida. Treze especialistas participaram da reunião online, na qual discutiram e concordaram com as revisões finais das definições do MUSA. Houve consenso sobre a necessidade de distinguir entre características diretas de adenomiose, ou seja, características que indicam a presença de tecido endometrial ectópico no miométrio, e características indiretas, ou seja, características que refletem alterações no miométrio secundárias à presença de tecido endometrial no miométrio. Cistos miometriais, ilhas hiperecogênicas e linhas e brotos subendométricos ecogênicos foram classificados unanimemente como características diretas da adenomiose. Útero globular, espessamento miometrial assimétrico, sombra em estrias, vascularização translesional, zona juncional irregular e zona juncional interrompida foram classificados como características indiretas de adenomiose.

Conclusão

O consenso entre os ginecologistas com experiência no diagnóstico ultrassonográfico de adenomiose foi alcançado sobre as definições revisadas das características MUSA de adenomiose e sobre a classificação das características MUSA como sinais diretos ou indiretos de adenomiose.

Artigo original: Consensus on revised definitions of Morphological Uterus Sonographic Assessment (MUSA) features of adenomyosis: results of modified Delphi procedure

Categorias: Artigos, Médicos
Data: 17/07/2022   35 Views