Como se trata um pólipo endometrial?

Categorias: Dúvidas, Gestantes
Data: 26/07/2019   135 Views  

Pólipo endometrial ou pólipo uterino é uma neoplasia benigna do epitélio do útero (endométrio). Eles são diagnosticados geralmente pelo ultrassom e podem ser assintomáticos ou causar sintomas como o sangramento uterino e a infertilidade.

Eles ocorrem mais comumente em mulheres que estão perto da menopausa, tendo seu pico de incidência entre 40 e 50 anos de idade.

 

pólipo uterino

Como se trata um pólipo endometrial?

O tratamento do pólipo endometrial pode ser feito por meio de cirurgia, como a curetagem uterina ou histeroscopia, com o objetivo de remoção do mesmo. Também é possível o tratamento hormonal com progestágenos.

Polipo Endometrial

Histerosonografia evidenciando pólipos endometriais (setas).

A histeroscopia é o padrão ouro na avaliação da cavidade endometrial e no diagnóstico de lesões focais, e também deve ser considerada o método de eleição para realização de polipectomia, visto que permite a exérese da lesão e de sua base integralmente sob visualização direta, enquanto que outros métodos, às cegas, falham em grande parte das vezes

Para pacientes que apresentam sintomas, a cirurgia costuma ser a primeira opção. O tratamento cirúrgico mais eficaz nesses casos consiste na retirada do pólipo por histeroscopia (polipectomia histeroscópica).

A histeroscopia permite ao médico visualizar a cavidade uterina através de um instrumento que tem uma câmera na extremidade, semelhante ao endoscópio usado para ver o interior do estômago.

Esse exame serve tanto para diagnosticar como para tratar o pólipo endometrial. Dependendo do tipo de pólipo, o médico pode removê-lo completamente no momento da biópsia

Categorias: Dúvidas, Gestantes
Data: 26/07/2019   135 Views