O que é o sequestro pulmonar?

Categorias: Dúvidas, Gestantes
Data: 22/08/2020   225 Views  

O sequestro pulmonar é uma anomalia congênita rara aonde um segmento do pulmão não se conecta com a árvore brônquica ou com as artérias pulmonares, recebendo seu suprimento sanguíneo de um vaso anômalo, geralmente ramo da aorta. O sequestro pulmonar também é conhecido como pulmão acessório ou sequestro broncopulmonar.

Sequestro Pulmonar

Desenho esquemático de um sequestro pulmonar.

 

Quais são os tipos de sequestro pulmonar?

O s sequestros pulmonares podem ser divididos e classificados da seguinte forma:

  • Sequestro Pulmonar Intralobar – é o tipo mais comum, cerca de 75% dos sequestros pulmonares. Nesta forma a região pulmonar anômala está incorporada ao parênquima pulmonar normal.
  • Sequestro pulmonar Extralobar – perfaz cerca de 25% dos sequestros pulmonares. Apesar de geralmente estar em contato com o pulmão normal, possui envoltório pleural independente. Pode estar localizado no tórax (intra-torácico) ou mesmo abaixo do diafragma (subdiafragmático).

Como é feito o diagnóstico pré-natal de sequestro pulmonar?

Usualmente no exame de pré-natal o sequestro pulmonar pode ser identificado como uma massa ecogênica (esbranquiçada) na região do tórax. Dependendo do tamanho essa massa poderá desviar o coração mudando o seu eixo ou sua posição no tórax. Ao Doppler muitas vezes é possível identificar também o vaso anômalo que sai da aorta e faz a nutrição de “pulmão acessório”.

Ultrassom de sequestro pulmonar

Ultrassom de sequestro pulmonar (área delimitada em amarelo)

Usualmente o sequestro pulmonar é mais facilmente identificado no terceiro trimestre. No terceiro trimestre, em função da atenuação sonora produzida pelas costelas ele pode ser de difícil identificação. Algumas vezes também é possível observar a associação do sequestro pulmonar com o derrame pleural (acúmulo de líquido ao lado dos pulmões). O principal diagnóstico diferencial do sequestro pulmonar é a malformação adenomatóide cística de pulmão.

Quais são os sintomas do sequestro pulmonar?

Os sintomas mais comuns do sequestro pulmonar intralobar nos bebês incluem tosse, problemas respiratórios, dificuldades de alimentação e insuficiência cardíaca, embora muitos bebês sejam assintomáticos. Já os sequestros extralobares estão comumente associados a outros defeitos congênitos como a hérnia diafragmática, malformação adenomatóide cística, cistos de duplicação e outros problemas pulmonares.

Qual é o tratamento do sequestro pulmonar?

Os sequestros pulmonares geralmente permanecem do mesmo tamanho ou crescem com o feto. Usualmente não causam problemas graves pois na cavidade torácica há espaço suficiente para a parte normal do pulmão crescer sem comprimir o coração. Em alguns casos a massa pode até diminuir de tamanho.

As perspectivas para a vida pós-natal são excelentes. É importante acompanhar estes fetos realizando exames de ultrassom com maior frequência, sendo o parto realizado no termo e o sequestro pulmonar removido cirurgicamente após o nascimento. Essa remoção cirúrgica na maioria das vezes é eletiva.

Um pequeno número de casos poderá estar associado a um acúmulo de líquido ao lado do pulmão na vida fetal o que é chamado de derrame pleural. Dependendo da quantidade de derrame pleural poderá haver compressão do coração. Além disso caso o fluxo sanguíneo dentro do sequestro pulmonar seja muito grande poderá haver um quadro de insuficiência cardíaca. Estes são os únicos casos aonde pode ser necessária uma intervenção ou cirurgia fetal.

Categorias: Dúvidas, Gestantes
Data: 22/08/2020   225 Views