Biópsia de Vilo Corial

A biópsia de vilosidade coriônica consiste na coleta de uma pequena amostra da placenta.

Este material usualmente é coletado entre 11 e 14 semanas de gestação (entretanto alguns estudos mostram que é possível coletar amostras até 39 semanas de gestação). O material coletado é armazenado em um meio de cultura e pode ser utilizado para realização de testes genéticos.

O risco de abortamento após este tipo de procedimento é de cerca de 1%.

Solicite um Pré-agendamento de ExamePré-agendamento de Exame